sexta-feira, 25 de abril de 2008

Golaço do Hans (de Buri)

Atendendo a pedidos lá vai o gol do Hans Wagner, só pra constar eles perderam a final de 9 a 1 para um timéco aqui de Buri - Desculpe o Timéco, na verdade teve um cara que sozinho fez 6 gols naquela partida.

video

terça-feira, 22 de abril de 2008

Olá

Muito bem meus amigos a frase ganhadora foi a do Lineu


" Eu amo missões porque devo amar o projeto do meu criador"

E na próxima semana,quem trouxer mais visitantes no encerramento da campanha de missões ganha a outra camiseta "Voluntários sem Fronteiras".


Beijos

Pastor Clayton

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Quer ganhar uma camiseta "Voluntários sem Fronteiras" ?.



É só mandar uma bonita frase dizendo: Por que eu amo missões?



Espero as frases até o próximo domingo

terça-feira, 8 de abril de 2008

RESPOSTA AO TEXTO DO BLOGUEIRO CREUZE

Escrevo não pra criar polêmica com meu amigo que por si só é uma polêmica.
Manifesto-me porque não posso me calar diante deste texto que é publico e para minha tristeza é o pensamento de muitos crentes e de muitos pastores.

Pois bem, a Igreja e as portas abertas.

Interessante como sempre as portas da igreja são motivo de controvérsias. Conheço uma igreja que fez uma porta bem estreita, pois igreja de verdade é difícil de entrar, diz o seu pastor-dono.
De modo geral as igrejas Batistas não tem um padrão de porta, e nem um padrão de quanto tempo essas portas ficam abertas. Mas num chutômetro, sem base cientifica, digo que o patrimônio das igrejas Batistas em São Paulo, mais de 1500 igrejas, fácil , fácil chega a casa do Bilhão de Dólares, considerando que algumas igrejas tem patrimônio de alguns milhões.
Todo esse patrimônio tem um grande valor, mas temos outro patrimônio que não tem preço, que são as pessoas, e pessoas especiais, com talentos incontáveis, são pedreiros, carpinteiros, pintores, mecânicos, técnicos em informática, médicos, eletricistas, dentistas, advogados, mestres e doutores nas mais diferentes ciências.
E todo esse patrimônio fica trancado a sete chaves, e revelado dentro das paredes dos prédios as quartas-feiras e aos domingos, mas os profissionais citados, pouco tem oportunidades de mostrar os seus conhecimentos na liturgia sagrada Baptista, por que temos espaço só para Pregadores, músicos (esses com 70% das celebrações em média), Pastores e em algumas igrejas dançarinos e atores.
O curioso é ver que em muitas Ong´s encontramos os membros de nossas igrejas, e como um Oftalmologista que conheço que me disse “não tenho espaço para trabalhar na minha igreja pastor”.
Quantos bairros e até cidades inteiras, sem 1 único auditório adequado para palestras, cursos, celebrações de classe. Quantos igrejas poderiam abençoar a sua comunidade abrindo as suas portas, para a sociedade usufruir das bênçãos que Deus nos permite dentro de nossos bem cuidados “templos”.
Mas as perguntas desagradáveis sempre vão voltar.
- Tudo bem, quantos convertidos teremos com isso?
- Quantos aconselhamentos?
- Quantas pessoas vão se chegar a igreja depois disso?
Perguntas tristes que nada tem haver com a ótica de Jesus para o ministério, Jesus cuidou de pessoas, andou com pessoas, deixou ser tocado por pessoas, sentou à mesa com elas, dormiu na casa delas, bebeu vinho com elas, sem nunca manifestar desejo pelo resultado.
Certa vez curou 10 leprosos e apenas 1 voltou, que resultado hein, 10%, Jesus se apresenta-se esse feito para uma sucessão pastoral em alguma igreja , não seria nem convidado para fazer oração silenciosa.
Enfim pergunto as portas da igrejas estão abertas para as almas penadas ou para os zumbis, mas não para homens e mulheres de carne, osso e alma.

ronny

sábado, 5 de abril de 2008

Olá

Desculpe, estive com problemas sério de Nervo "Asiático", e fiquei alguns dias de molho, mas já estou melhorando, e espero poder logo enviar novos textos

Beijos


Ronny